Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola Secundária Rainha Dona amélia

Estado está a reter milhares de euros das escolas

28.09.22

Screenshot 2022-09-28 at 11-57-40 Estado está a reter milhares de euros das escolas - Renascença.png

A Rádio Renascença publicou no dia 27 um artigo sobre as receitas das escolas e como esses valores não foram devolvidos pelo Estado e como tal colocam as escolas sem verbas para fazer pequenas obras ou intervenções necessárias.

É importante que a comunidade escolar esteja a par da situação e que sejam tomadas medidas para resolver esta questão.

 

"Com o ano letivo já a decorrer, o Estado continua a reter milhares de euros das escolas. Em causa estão as receitas próprias das instituições de ensino conseguidas com as vendas nos bares ou o aluguer de espaços, que no final de cada ano civil são encaminhadas para o Tesouro. Ministério da Educação promete resolver o problema em breve.

Regra geral, esse dinheiro é depois devolvido no início do ano seguinte, mas já passaram nove meses e ainda não foi transferido para as escolas.

Por norma, o Governo entrega às escolas orçamentos para cada ano letivo no mês de março, mas este ano ainda não se concretizou.

 

 

Também a ESRDA se encontra nesta situação:

"A diretora da Escola Rainha D. Amélia, em Lisboa, Cristina Dias, fez as contas e disse à Renascença que tem a receber cerca de 168 mil euros.

É dinheiro proveniente de receitas da escola conseguido, por exemplo, com o aluguer dos campos de outdoor, que todos os meses nos dão uma certa quantia, a antena da NOS que também paga anualmente, das máquinas de vending e de taxas e até dos emolumentos na secretaria.

Nos saldos da conta de gerência da Escola Rainha D. Amélia há também dinheiro proveniente com as vendas no bar. Estas receitas rondam os 68 mil euros e esse dinheiro só pode ser investido no bar. Cristina Dias pergunta como é que consegue pagar as contas “do mercado, do leite, dos sumos e do pão se não tem os saldos do bar?”

Admite que já está a ter problemas e que sem dinheiro, o funcionamento do bar poderá estar em risco. Esta responsável diz que já pediu aos fornecedores para pagar a 60 dias.

Falta também dinheiro para investir, por exemplo, na compra de projetores que se estragam, de lâmpadas para projetores e cada lâmpada custa 200 ou 300 euros ou até para substituir os estores que se partiram."

 

 

Leia o artigo completo em: https://rr.sapo.pt/noticia/pais/2022/09/27/estado-esta-a-reter-milhares-de-euros-das-escolas/301283/

 

 

DESPORTO ESCOLAR NA ESRDA

22.09.22

desporto escolar (2).png

Caros alunos e associados,

 

É com enorme prazer que divulgamos que, no âmbito do desporto escolar, a ESRDA passará a ter Badminton e Xadrez.

Para fazerem parte da equipa de Badminton da escola, falem com o vosso professor de educação física e peçam mais informações.

Os treinos terão lugar todas as quartas e quintas das 13h20 às 14h05 e a professora Raquel Vaz é a responsável pela iniciativa.

Nota: Na impossibilidade do aluno poder participar nos 2 dias, por incompatibilidade de horários, são super bem vindos os alunos que só possam fazer uma vez por semana!

deporto 1.jpg

Para fazerem parte do Clube de Xadrez, basta irem à biblioteca e falarem com o professor António Percheiro. O clube terá lugar na Biblioteca às terças e quartas, no período das 13h30 até às 15h.

desporto 2.jpg

 

A APEE tem especial prazer em anunciar estas duas primeiras atividades do desporto escolar pois trata-se de uma iniciativa que ajudámos a promover junto da escola, tendo a mesma sido muito bem recebida na comunidade escolar.

 

Do que estão à espera? Falem com a professora Raquel e com o professor António e participem! 

Vamos fazer do desporto escolar um sucesso!

 

REABERTURA DO BAR DA ESRDA

20.09.22

reabriu o bar.jpg

Caros associados,

Finalmente o Bar da escola vai reabrir!

Com a ajuda da APEE, que ofereceu à escola uma varinha de cozinha industrial, vai ser possível servir a todos uma sopa deliciosa todos os dias! Mesmo muito saudável!

O BAR terá disponíveis as seguintes opções:

  • sopa (a partir da próxima quinta 22/09)
  • saladas,
  • queijo fresco,
  • ovo cozido,
  • sanduíches de atum, mistas, fiambre ou queijo, de omelete,
  • tostas,
  • sumo de laranja natural,
  • sumos compal,
  • iogurtes
  • e fruta variada.

 

Agradecemos muito a todos os associados que com as quotas das suas inscrições, nos permitem oferecer à comunidade escolar estas preciosas e tão saudáveis ajudas!


Venham provar 🍲!

 

INFORMAÇÃO SOBRE AS REFEIÇÕES ESCOLARES

16.09.22

refeicoes escolares.png

A partir deste ano letivo existirá um novo funcionamento para usufruir de refeições na escola com a utilização de um cartão virtual.

Este cartão virtual serve somente para as refeições no refeitório escolar e tem de ser carregado através da plataforma SIGA.

Nas reuniões de turma serão prestados mais detalhes sobre o funcionamento do refeitório escolar e do cartão virtual

ONDE SE PODE MARCAR AS REFEIÇÕES

Basta entrar em siga1.edubox.pt ou utilizar o código QR para entrar na plataforma SIGA - Sistema
Integrado de Gestão e Aprendizagem utilizando as credenciais de acesso.

COMO OBTER AS CREDENCIAIS (CASO NÃO AS TENHA)
Se ainda não tem as credenciais apenas tem de aceder à página principal do SIGA e selecionar onde diz «Recuperar dados de acesso». Aí vai ser pedido o email do encarregado de educação (o que está registado na escola) e de seguida, na caixa de entrada terão um email onde podem recuperar a password tanto da conta do encarregado de educação, como da conta do aluno.

Mas atenção que apenas através da conta do encarregado de educação [LSB.EDxxxxxxx] é que se pode carregar o cartão.

COMO CARREGAR O CARTÃO VIRTUAL?
O cartão virtual deve estar ativo, para isso deve selecionar «Cartão Escolar», lendo os termos e condições e preenchendo os dados pedidos.
Com o cartão já ativo, deverá selecionar «Cartão Escolar» > «Carregar» > Escolhe o método de pagamento.

 

Saiba mais aqui: PDF - Como almoçar na escola.pdf

 

INSCRIÇÕES/RENOVAÇÕES PARA ASSOCIADO NA APEE-ESRDA - ANO LETIVO 2022 / 2023

12.09.22

Inscrições2022.jpg

 Torne-se sócio da APEE, por uma melhor e maior representatividade dos pais na nossa escola.
Reforçamos a importância das renovações de associado que são imprescindíveis!

Ser sócio é, agora, mais fácil e mais rápido.

É fácil, siga os 3 passos:

1 - preencha o formulário de inscrição na APEE

2 - regularize a quota (valor mínimo de 5€/ano) por transferência bancária para o

NIB - 0036 0088 99100033914 78

3 - anexe o comprovativo da transferência da quota no formulário de inscrição.

 

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO: https://goo.gl/forms/zQYmuVifBmNwW7ks1

o que fazemos 1 (2).jpg

Como obter o passe gratuito?

08.09.22

eletrico-terreiro-paco-mini-banner2.png

Guia para alunos do Liceu Rainha D. Amélia com mais de 13 anos (para alunos com menos de 13, ver último ponto).

  • O passe gratuito apenas está disponível para alunos que residam no Concelho de Lisboa.
  • A data limite para obter o passe é 15 de Novembro.
  • O local mais próximo do liceu para obter o passe é o terminal da Carris, em Santo Amaro, perto do Calvário. Lá existem duas lojas de atendimento ao cliente. Uma, do lado direito de quem entra, onde apenas se pode tratar do passe gratuito para estudantes acima dos 13 anos e outro para atendimento geral, onde também se pode tratar do passe, mas não em exclusivo.
  • Pode-se ir em regime livre e tirar senha, ou pode-se agendar. Recomenda-se o agendamento, que pode ser feito aqui. Caso opte por ir em regime livre vá muito cedo, ou então leve um bom livro…
  • A presença do aluno não é necessária.
  • Quem já tem passe, deve levar consigo. Quem não tem terá de mandar fazer, com o custo de seis euros, com entrega imediata.
  • São necessários os seguintes documentos:
  • Cartão de Cidadão do aluno
  • Certidão de Domicílio Fiscal, obtido no Portal das Finanças. Entrar com as credenciais do aluno, selecionar Todos os Serviços, depois Documentos e Certidões, Pedir Certidão, Selecionar Tipo de Certidão – Domicílio Fiscal, Obter. Levar a certidão impressa. Em alternativa à Certidão, pode levar o PIN de morada do Cartão de Cidadão.
  • Documento da escola a comprovar que o aluno estuda lá. Este documento pode ser pedido na secretaria do liceu, explicando que é para o passe. Eles sabem o que é e passam logo. Levar só comprovativo de matrícula, ou outro documento qualquer, não serve.
  • O Passe é tratado na hora e fica já carregado para o mês em curso.
  • É preciso “recarregar” o passe todos os meses. Isto pode ser feito nas máquinas do Metro, ou directamente na Carris. Ainda não pode ser feito no Multibanco, mas presume-se que em breve será. Vale a pena também ir perguntando nas papelarias que tratam destes assuntos se já o conseguem fazer. A alternativa é ir directamente à Carris tratar ao balcão, o que é uma maçada. A questão chave é que é mesmo preciso recarregar. O recarregamento é gratuito, pois é aplicado um desconto de 100%, mas se o aluno for apanhado a andar com um cartão não carregado será multado. O carregamento do passe para o mês pode ser feito no próprio mês ou a partir do dia 26 do mês anterior. Assim, a partir do dia 26 de Setembro é possível carregar o passe de Outubro.
  • O passe vale apenas para o concelho de Lisboa. Quem costuma carregar passe total, para andar em mais do que um concelho, deve ter atenção a isso. Não é possível carregar passe total e pagar só a diferença. Assim, quem costuma usar passe total para viajar fora do concelho deve ter cuidado para não o fazer com o passe gratuito, pois poderá ser multado. Recomenda-se andar com um segundo cartão viva, recarregável, que possa ir usando à medida que se anda. Caso essa solução fique mais cara do que os 30 euros do passe total, valerá mais a pena fazer o passe total, mas deixa de beneficiar da gratuidade dos transportes em Lisboa.

  • O procedimento para alunos com menos de 13 anos é diferente!
    Estes já beneficiavam de transportes gratuitos até ao mês depois de fazerem 13, com a vantagem de não haver limites de concelho. Assim, quem tiver menos de 13 anos pode dirigir-se também à loja em Santo Amaro, mas apenas ao balcão do lado esquerdo de quem entra. Deve levar o Cartão de Cidadão e o documento da escola, mas não precisa de levar a certidão de domicílio fiscal. Fica logo com o passe gratuito, não precisa de o recarregar mensalmente e deve apenas dirigir-se novamente à loja quando fizer 13 para actualizar para o passe gratuito para Lisboa, sendo que aí já precisa de levar a certidão de domicílio fiscal.